GARANTIAS INDIVIDUAIS NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO

Luís Roberto Soares Margato, Marco Antonio Barbosa

Resumo


Aborda-se a revolução tecnológica e o efeito persuasivo da mídia na presente economia de mercado, caracterizada pela imaterialidade de seus principais produtos,
especialmente quanto aos seus efeitos sobre as garantias individuais, que produzem retrocessos sobre esses direitos e se discute com base em doutrinadores de diferentes áreas do conhecimento como tal processo pode ser enfrentado ou revertido, concluindo-se que o consumo politizado é um viés possível de manifestação popular, de exortação de força cívica, assim como, votos conscientes, mobilizações de rua, participação política distrital, entre outras formas de expressão podem ser capazes de permitir a reconquista de garantias individuais que veem se esvaindo pelo assoberbamento da revolução tecnológica e do monopólio midiático.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


FMU DIREITO - Revista Eletrônica   ISSN 2316-1515


Diretórios e Indexadores: