AUGUSTO COMTE E ÉMILE DURKHEIM: UMA SOCIOLOGIA "APAZIGUADORA"

Autores

  • Luí­s Augusto de Mola Guisard Faculdades Metropolitanas Unidas
  • Irineu Francisco Barreto Junior

Resumo

Este artigo apresenta uma breve introdução das ideias de Comte e Durkheim, representantes da sociologia positivista, e sua interação com o momento histórico e polí­tico particular que viveram na França: as transformações sociais do séc. XIX e iní­cio do XX, as ideias iluministas, a burguesia nascente. No contexto revolucionário pós- revoluções Francesa e Industrial, a sociologia positivista formulou um pensamento e uma prática estabilizadoras, que buscavam evitar novas rupturas. Propunham a manutenção da ordem e a contenção das paixões. Esse ideário tem um contorno polí­tico-ideológico de apoio í s conquistas da burguesia e refreamento de movimentos contraditórios a ela.

Biografia do Autor

Luí­s Augusto de Mola Guisard, Faculdades Metropolitanas Unidas

Professor do Departamento de Humanidades

Downloads

Publicado

2013-02-15