AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DE EXTRATOS DE HELIANTHUS TUBEROSUS L. E SMALLANTHUS SONCHIFOLIUS EM CAMA DE FRANGOS

Carolina Toshie Kamimura, Marcia Cristina Menão, Nair Massumi Itaya, Terezinha Knöbl, Gessé Gomes, Antônio Carlos Pedroso

Resumo


A avicultura brasileira tem um papel importante no cenário internacional por produzir proteína animal de altíssima qualidade a um custo acessível. O aumento da produção nas últimas décadas tem influenciado positivamente nos aspectos sociais e econômicos do agronegócio. Entretanto, os aspectos ambientais têm se tornado motivo de preocupação na cadeia produtiva principalmente com a alta produção anual de toneladas de cama de frango com potencial de disseminação de micro-organismos a outras aves e seres humanos, além de impactos ambientais. Desta forma é necessário haver algum tipo de tratamento da mesma para minimizar possíveis contaminações de agentes patogênicos. Algumas plantas têm potencial para serem utilizadas para este fim como o Helianthus tuberosus L. e Smallanthus sonchifolius que sintetizam substâncias com comprovadas propriedades antimicrobianas e de fácil preparação de seus extratos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a ação de extratos brutos dessas plantas em amostras de cama de frangos comerciais quanto à redução do número de bactérias aeróbias e anaeróbias. Realizou-se o tratamento de três amostras de cama de frango com extratos de ambas as plantas com 50 mg de massa seca/grama de cama. Através de análises microbiológicas comparou-se o número de bactérias anaeróbias e aeróbias nas amostras tratadas e nos controles após três e 24 horas. Os resultados demonstraram redução na carga bacteriana aeróbia e anaeróbia nas camas testadas. Novas concentrações de extratos e outros períodos de ação devem ser testados para avaliar a possível potencialização da ação das substâncias.


Palavras-chave


Ação bactericida; cama de frango; Helianthus tuberosus L.; Smallanthus sonchifolius.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


Abpa – Associação Brasileira de Proteína Animal – Relatório Anual de 2016http://abpa-br.com.br/setores/avicultura/publicacoes/relatorios-anuais/2016. [acesso em 2017 mai 21].

Alvarenga EA, Itaya NM, Menão MC. Avaliação da atividade

antimicrobiana de extratos de plantas de Smallanthus Sonchifolius (Yacon) e HelianthusTuberosus L. (Jerusalém Artichoke). Atas de Saúde Ambiental. 2016;4:131-137.

Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa nº 15 de 17/07/2001, Diário Oficial n-138, seção 1, de 18/07/2001.

Carvalho Neto PM, Silva EM, Bassani IAO, Cunha Neto OC. Efeito da aplicação de bissulfato de sódio sobre cama de frangos na sobrevivência de Escherichia coli e coliformes. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia,2007;59(1):65-69.

Dai Prá, MA, Roll, FB. Cama de aviário: utilização, reutilização e destino. Ed. Manas - Porto Alegre, 2012.

Duarte MCT. Atividade antimicrobiana de plantas medicinais e aromáticas utilizadas no Brasil. Revista Multiciência,2006.Campinas; 7(1)

Fiagá DAM. Influência da contaminação da cama sobre parâmetros de microbiota e imunidade em frangos de corte [dissertação]. Curitiba. Universidade Federal do Paraná. 2014.

Fiorentin L. Reutilização da cama na criação de frangos de corte e as implicações de ordem bacteriológica na saúde humana e animal. Concórdia: Embrapa Suínos e Aves, 2005. Embrapa Suínos e Aves, 2005. 23 p.

François EP. O Ambiente institucional na cadeia produtiva avícola do RS. Regulação e desenvolvimento de mercado baseado no status sanitário dos plantéis [dissertação]. Porto Alegre. Faculdade de Ciências Econômicas da UFRGS; 2013.

Kelleher BP, Leahy JJ, Henihan Am, O’Dwyer TF, Sutton D, Leahy MJ. Advances in poultry litter disposal technology-a review. Bioresource Technology. 2006:83(1):27-36.

Maciel MAM, Pinto AC, Veiga JV, Grynberg N, Echevarria A. Plantas medicinais: a necessidade de estudos multidisciplinares. Química nova.2002;25(3):429-438

Macklin KS. et al. Effects of in-house composting of litter on bacterial levels. Journal of Applied Poultry Research.2006;15(4):531-537.

Millani E, Konstantyner T, Taddei, JAAC. Efeitos da utilização de prebióticos (oligossacarídeos) na saúde da criança. Revista Paulista de Pediatria.2009;27:436-446.

Moura NA, Caetano BF, Sivieri K, Urbano LH, Cabello C, Rodrigues MA, Barisan, L.F. Protective effects of yacon (Smallanthus sonchifolius) intake on experimental colon carcinogenesis. Food and Chemical Toxicology.2012;50(8):2902-2910.

Oliveira MC, Ferreira HA, Canchenrini LC. Efeito de condicionadores químicos sobre a qualidade da cama de frango. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia. 2004; 56(4):536-541.

Paganini FJ. Manejo da cama. In: Produção de frangos de corte. Mendes AA, Naas IA, MACARI M. Campinas: Facta. 2004.

Pinho L, Souza PNS, Sobrinho EM, Almeida AC, Martins RE. Atividade antimicrobiana dos extratos hidroalcoólicos das folhas de alecrim-pimenta, aroeira, barbatimão, erva baleeira e do farelo da casca de pequi. Ciência Rural. 2012;42(2):326-331.

Santos EC, Cotta JTB, Muniz JA, Fonseca RA, Torres DM. Avaliação de alguns materiais usados como cama sobre o desempenho de frangos de corte. Ciência e Agrotecnologia. 2000;24(4):1024-1030.

Silva EN. Alimentos funcionais para aves: prebióticos e probióticos na alimentação avícola. Conferência de Ciência e Tecnologia Avícolas. Campinas - SP. Anais... Facta,v. 2, 2000, p.241- 251.

Silva et al 2007 SILVA, V. S. et al. Efeito de Tratamentos Sobre a Carga Bacteriana de Cama de Aviário Reutilizada em Frangos de Corte. Comunicado Técnico Embrapa. 2007. Disponível em: http://www.cnpsa.embrapa.br/sgc/sgc_publicacoes/publicacao_k1b20l0q.pdf. Acesso em: 18.07.20017

Trabulsi LR, Alterthum F. Microbiologia. 6ª ed. Rio de Janeiro: Editora Atheneu; 2015. 920p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Atas de Saúde Ambiental - ASA, ISSN 2357-7614