AVALIAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS ORGÂNICOS EM FEIRAS-LIVRES NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO E POTENCIALIDADE DE GERAÇÃO DE METANO E ENERGIA ELÉTRICA - UM ESTUDO DE CASO

Joyce da Silva Oliveira, Marco Aurélio Gattamorta

Resumo


A fim de atender a demanda em larga escala da indústria alimentícia são usados cada vez mais recursos naturais e energéticos para a produção de alimentos. Como resultado, observa-se também o aumento do descarte de resíduos nos aterros sanitários, visto que muitos alimentos, como as FLV (frutas, legumes e verduras), são efêmeros e apresentam elevada probabilidade de perda ou desperdício em todas as etapas da trajetória dos alimentos, como na colheita, armazenamento, transporte e até a chegada aos comércios e consumidores. Para minimizar estes impactos negativos com o volume de resíduos nos aterros sanitários, foi realizado, neste trabalho, a análise de duas feiras-livres do bairro Bela Vista com intuito avaliar a possibilidade de realizar o tratamento dos resíduos orgânicos através da tecnologia dos biodigestores, aproveitando o biogás produzido pela  decomposição orgânica, tanto pelo uso direto como para a geração de energia elétrica, bem como para o aproveitamento em uso doméstico. Considerando expansão da distribuição desta energia, os resultados apontam que para o setor energético a quantidade de metano gerada pelas duas feiras é relativamente baixa, logo para o aproveitamento do biogás se torna um atrativo utilizando a tecnologia do HomeBiogás. Esta tecnologia pode ser instalada nas escolas próximas as feiras gerando até de 6-8 horas de gás de cozinha. Assim sendo, considerando os resultados do presente projeto, pode-se elaborar um sistema inteligente sustentável, no qual, varia-se as tecnologias usadas. Os resíduos gerados em grande proporção são tratados por biodigestores para geração de energia, contudo, em baixa e média escala passam a alimentar os biodigestores do HomeBiogás, bem como, prosseguir com outros tratamentos como a compostagem, visando integrar os objetivos do movimento sustentável, tratando sobre o 7º incentivo as energias limpas/renováveis e 12º reduzir a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reuso.


Palavras-chave


resíduo alimentar; feiras-livres; biogás; metano; energia renovável

Texto completo:

PDF

Referências


ARZB- Aliança Resíduo Zero Brasil. Programa Feiras e Jardins Sustentáveis. 2019 Disponível em Acesso: 04/10/2019

BARBOSA, G.; LANGER, M. Uso de biodigestores em propriedades rurais: uma alternativa à sustentabilidade ambiental. Unoesc & Ciência ACSA , v. 2, n. 1, p.87-93, 2011.

BCG - Boston Consulting Group. Tackling the 1.6-Billion ton food loss and waste crisis. Disponível em: . Acesso: 19/05/2019 as 13:00.

CHAVES, G. R. Análise Socioeconômica e cultural da Feira Livre do Município de Remígio PB. Monografia do Curso de Geografia. Universidade Estadual do Paraná. Campina Grande, 2011. p.1-107.

COLDEBELLA, A. SOUZA, S. N. M.; SOUZA, J.; KOHELE, A. C. Viabilidade da cogeração de energia elétrica com biogás da bovinocultura de leite. Proceedings of the 6. Encontro de Energia no Meio Rural, 2006.

CONAB - COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO. Central de Informações Agropecuárias. Disponível em: . Acesso em: 20/02/2019 as 21:00

COUTINHO, E.P.; NEVES H.C.N; NEVES, H.C.N.; SILVA, E.M.G. Feiras Livres do Brejo Paraibano: Crise e perspectivas. In: XLIV CONGRESSO DA SOBER “Questões Agrárias, Educação no Campo e Desenvolvimento”. Fortaleza, 23 a 27 de Julho de 2006. Disponível em: . Acesso: 26/05/2019 as 13:00.

FAO - Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação. Avanços no combate às perdas e ao desperdício de alimentos. 2017. Disponível em: .

Acesso em: 20/02/2019 as 21:00.

FAO - Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação. Semana Nacional de conscientização da Perda e Desperdício de Alimentos. 2018. Disponível em: .

Acesso em: 20/02/2019 as 18:00.

FEIRAMAPS – Lista de feiras livre Prefeitura da Cidade de São Paulo. Disponível em: . Acesso em 23/07/19 as 21:00.

FERREIRA, B. O. Avaliação de um sistema de metanização de resíduos orgânicos alimentares com vistas ao aproveitamento energético do biogás. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Minas Gerais. 2015. 124f.

GALVÃO, R. G. COMPOSTAGEM EM ÁREAS URBANAS: lições aprendidas no projeto feiras e jardins sustentáveis da Lapa, São Paulo – SP, Brasil. Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Cidades Inteligentes e Sustentáveis. Universidade Nove de Julho – UNINOVE. 2019.

HORTIFRUTI BRASIL. A vez dos HFs Feios. CEPEA-ESALQ/USP Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada. Agosto de 2015. Disponível em : . Acesso: 26/05/2019 as 16:00.

INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS – IPT, COMPROMISSO EMPRESARIAL PARA RECICLAGEM – CEMPRE. Lixo Silva, C. A.; Andreoli, C. V. Compostagem como Alternativa à Disposição Final dos Resíduos Sólidos Gerados ... Engenharia Ambiental - Espírito Santo do Pinhal, v. 7, n. 2, p. 027-040, abr./jun. 2010: Manual de Gerenciamento Integrado. 2ª ed. São Paulo, 2000. 370p.

KIEHL, E. J. Manual de Compostagem: maturação e qualidade do composto. Piracicaba,:E. J. Kiehl, 1998.

Lei Federal nº 11.445 de 05 de janeiro de 2007. Estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico; altera as Leis nos 6.766, de 19 de dezembro de 1979, 8.036, de 11 de maio de 1990, 8.666, de 21 de junho de 1993, 8.987, de 13 de fevereiro de 1995; revoga a Lei no 6.528, de 11 de maio de 1978; e dá outras providências. Diário Oficial da União de 08 de janeiro de 2007. p 3.e retificado em 11.1.2007.

Lei Federal nº 12.305 de 02 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Diário Oficial da União, nº 147, 03 de agosto de 2010.

MASCARENHAS, G.; DOLZANI, M.C.S. Feira-Livre: Territorialidade Popular E Cultura Na Metrópole Contemporânea. Ateliê Geográfico, V.2, n.2, pp.72–87, 2008.

Organização das Nações Unidas – ONU. 17 objetivos globais para o Desenvolvimento Sustentável (ODS). 2015: Disponível em: . Acesso em: 20/09/2019.

PAVAN, M. C. O. Geração de energia a partir de resíduos sólidos urbanos: avaliação e diretrizes para tecnologia potencialmente aplicáveis no Brasil. Universidade de São Paulo, 2010.

PGIRS - Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos da Cidade de São Paulo. Acesso em 04/ 10/2019. Disponível em: Acesso em: 03/10/2019

PMSP - Prefeitura Municipal de São Paulo, 1974. Decreto no. 11.199, de 2 de agosto de 1974. Dispões sobre o funcionamento das feiras-livres no município e dá outras providências.

REIS, A. S. Tratamento de resíduos sólidos orgânicos em biodigestor anaeróbio. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Pernambuco. 2012. 79f.

SANTOS, E. L. B.; JUNIOR G. N. Produção de Biogás a partir de dejetos de origem animal. Tekhne e Lagos, Botucatu, Sp, v4, n. 2, agosto 2013.

SOUZA, S.N.M.; PEREIRA, W.C.; NOGUEIRA, C.E.C.; PAVAN, A.A.; SORDI, A. Custo da eletricidade gerada em conjunto motor-gerador utilizando biogás da suinocultura. Acta Scientiarum Technology, Maringá, v.26, p.127-133, 2004.

TEIXEIRA, J. C. Modernização da agricultura no Brasil: Impactos econômicos, sociais e ambientais. Revista Eletrônica da Associação dos Geógrafos Brasileiros p.03, 2005.

VAZ, S.L.M; COSTA N.C.; GUSMÃO O.S; AZEVEDO L.S. Diagnóstico dos resíduos sólidos produzidos em uma feira livre: o caso da feira livre do Tomba. Sitientibus, Feira de Santana n.28, p.145-159, jan./jun.,2003.

WWF-BRASIL; EMBRAPA; ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA ALIMENTAÇÃO E AGRICULTURA. Sem Desperdício. 2019. Disponivel em . Acesso: 13/02/2019.

ZARO, M. (org.). Desperdício de alimentos [recurso eletrônico] : velhos hábitos, novos desafios. Caxias do Sul, RS: Educs, 2018. 417p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INOVAE  -  ISSN 2357-7797