A FORMAÇÃO PARA A PRÁTICA DO TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA

Daniel Marques dos Santos, Beatriz Jansen Ferreira, Nildo Alves Batista

Resumo


Este estudo analisou a formação do Tecnólogo em Radiologia, relacionando-a com as demandas da prática profissional. Realizamos um estudo quanti-qualitativo, de natureza descritivo-exploratória, com 38 Tecnólogos em Radiologia que atuam na Universidade Federal de São Paulo, advindos de diferentes cursos de graduação do município de São Paulo. Utilizamos uma escala atitudinal do tipo Likert. Os dados foram analisados estatisticamente. A pesquisa evidenciou consciência quanto à importância da formação técnico/científica, ancorada em fortes princípios éticos. Os tecnólogos apontam que, apesar das deficiências de sua formação, sentem-se aptos para o exercício de um cuidado humanizado. Identificam insuficiência de carga horária em atividades de estágio na área de urgência/emergência e na aprendizagem em diversas modalidades da prática. Defendem um currículo interdisciplinar, com integração ensino e serviço. Esperamos que estes resultados subsidiem propostas de intervenção que permitam a melhoria da formação do Tecnólogo para que tenha mais conhecimento e esteja apto a contribuir com a população e com a equipe multiprofissional na qual atua.


Palavras-chave


Tecnologia Radiológica; Educação de Pós-Graduação; Prática Profissional; Profissional de Saúde

Texto completo:

PDF

Referências


ADUBEIRO, N. C. F. D. A. Avaliação da satisfação dos estudantes do curso de radiologia da Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto. 2010. 115 (Mestrado). Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, Universidade de Coimbra, Coimbra.

ALBUQUERQUE, A. C. A.; ARAÚJO, C. C. D.; QUEIROZ, J. C. A importância do tecnólogo em radiologia com capacidade gestora. 2011. 16º Curso de Pós-graduação de Gestão em Saúde, Bussiness school mauricio de nassau Recife.

ALEXANDRINA, J. et al. O ensino, a pesquisa e a extensão na formação do tecnólogo em radiologia do IFSC. Revista Técnico Científica (IFSC). Santa Catarina. 3: 755 p. 2012.

BOLFER, M. M. M. D. O. Reflexões sobre prática docente: estudo de caso sobre formação continuada de professores universitários. 2008. (Doutorado). Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba.

CARVALHO, C. R. F. D. Estudo do Perfil profissional e da formação acadêmica do Tecnólogo em Estética: Estudo de Caso. 2006. (Mestrado). FIOCRUZ, Rio de Janeiro.

CEFET. Perfil do curso de tecnologia em radiologia para divulgação à comunidade. Minas Gerais, 2014. Disponível em: < http://www.radiologia.cefetmg.br/site/sobre/apresentacao.html >. Acesso em: 26 jun 2014.

CONTER Resolução do conselho nacional de técnicos em radiologia. RADIOLOGIA, C. N. D. T. E. Brasília: Diário Oficial da União 2011.

MACIEL, E. R. H. Reflexões a respeito da formação de professores no/para o curso tecnológico em radiologia. Minas Gerais: Universidade Estadual de Minas Gerais 2012.

MAIA, M. J. F.; MONIZ, A. B. Competências para a Tomada de Decisão na Radiologia: Uma abordagem de Avaliação de Tecnologia. Lisboa: IET Working Papers Series 2011. Disponível em: < http://run.unl.pt/handle/10362/6141 >. Acesso em: 11 jul 2014.

MARSDEN, M. A indissociabilidade entre teoria e prática: experiências de ensino na formação de profissionais de saúde nos níveis superior e médio. 2009. 140 (Mestrado). Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro.

MEDEIROS, C. D. et al. A identidade do profissional que atua com radiação ionizante na área da saúde no município de Florianópolis. Caderno de Publicações Acadêmicas. Florianopolis: Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia. 1 2009.

MOORE, Q. T. Medical radiation dose perception and its effect on public health. Radiol Technol, v. 85, n. 3, p. 247-55, Jan-Feb 2014.

PETSCAVAGE-THOMAS, J. M.; KANEDA, H.; BRUNO, M. A. The value of training technologists for adverse reactions to contrast. Radiol Technol, v. 85, n. 3, p. 256-60, Jan-Feb 2014.

REIS, E. A. D.; REIS, E. A. D. Os cursos superiores de tecnologia e o mundo do trabalho. Revista Gual. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina. 5: 100-115 p. 2012.

REYNOLDS, A. Patient-centered Care. Radiol Technol, v. 81, n. 2, p. 133-47, Nov-Dec 2009.

TAKAHASHI, A. R. W. Cursos superiores de tecnologia em gestão: reflexões e implicações da expansão de uma (nova) modalidade de ensino superior em administração no Brasil. Revista de Administração Pública, v. 44, p. 385-414, Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-76122010000200009&nrm=iso >. Acesso em: 11 jun 2014.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, RJ: Vozes, 2006.

UNCISAL. Manual do Candidato. Alagoas, 2006. Disponível em: < http://www.consultec.com.br/inscbd/2005insc/upload/UNCISAL2006_2_SEM_FICHA.PDF >. Acesso em: 26 Jun 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INOVAE  -  ISSN 2357-7797