O Desenvolvimento Sustentável, a Economia Criativa e o Consumo Colaborativo na Mobilidade através do Car Sharing – um estudo de caso na cidade de São Paulo

Regina da Silva de Camargo Barros, José Francisco de Camargo Barros Júnior

Resumo


A cidade de São Paulo tem participação de destaque em funções decisivas do país, relacionadas á atividades econômicas, financeiras, tecnológicas e sociais e é considerada uma metrópole, com alta concentração de pessoas, veículos e atividades. Isso resultou em altos índices de congestionamento, poluição e acúmulo de sucata. Estudiosos pesquisaram medidas de melhoria, que fizessem uso de uma economia ativa e ao mesmo tempo criativa e consciente e surgiu o movimento Consumo Colaborativo, que visa o consumo consciente e a melhoria de qualidade de vida para as gerações atuais e futuras. Uma de suas as vertentes inclui o Car Sharing como alternativa flexível e sustentável para mobilidade. Esse trabalhou analisou a aceitação do Car Sharing pela população de São Paulo e com base nos resultados, originam-se hipóteses de propensão à adesão por diferentes classes sociais e rendas, com uso em modalidades diversas, sugerindo uma tendência a mudanças comportamentais futuras na cidade.

  

Palavras-chave


Economia Criativa, Mobilidade, Desenvolvimento Sustentável

Referências


BICKMAN, L., ROG, D.J. (1997) Handbok of applied social research methods. Thousand Oaks, Sage, 580p.

BOOTSMAN, Rachel.; ROGERS, Roo. (2010) What’s mine is yours. New York: HarperCollins Publishers.

BRANCO, Samuel Murgel. (1997) O meio ambiente em debate. 26 ed. São Paulo: Editora Moderna. Coleção Polêmica.

BRUTON, M. J. (1979) Introdução ao planejamento dos transportes. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 206 p.

ESTADO DE SÃO PAULO, (2011a.) Disponível em . Acessado em Dezembro de 2011.

ESTADO DE SÃO PAULO, (2011b.) Disponível em . Acessado em Dezembro de 2011.

GELLAR, S. (2005) Democracy in Senegal: Tocquevillian Analytics in Africa. Palgrave Macmillan, New York.

GIACOMINI FILHO, G. (2003) Revista Imes. São Paulo, p. 61 e 62, jul./dez.

HUWER, U. (2003) Public transport and car-sharing – benefits and effects of combined services. JMP Consultants Ltd, 172 Tottenham Court Road, London W1T 7NA, UK.

IBGEc. (2010) Estimativa de população brasileira do Censo 2010. Disponível em . Acessado em 20 de junho de 2012.

INSTITUTO DA MOBILIDADE E TRANSPORTES TERRESTRES. (2011) Transportes Partilhados. Disponível em. Acessado em 4 de novembro de 2012.

KAHNEMAN, D. & TVERSKY, A. (1979) Prospect theory: an analysis of decision under risk. Econométrica 47(2):263-91.

KAHNEMAN, D. & TVERSKY, A. (1986) Rational choice and the framing of decisions. The Journal of Business 59(4):251-78.

LI, S. et al. (2005) Development and validation of a measurement instrument for studying supply chain management practices. Journal of Operations Management, v. 23, n. 6, p. 618-641.

MACROPLAN. (2010) Mudanças no Perfil de Consumo no Brasil: principais tendências nos próximos 20 anos. Rio de Janeiro: Macroplan Prospectiva, Estratégia & Gestão.

NALEBUFF, B.J.; BRANDENBURGUER, A.M. (1996) Co-opetição. Rio de Janeiro: Editora Rocco.

NOTICIAS AUTOMOTIVAS (2011). Disponível em . Acessado em 27 de outubro de 2012.

OSTROM, Elinor. Analysing collective action. International Association of Agricultural Economists, 2010.

PESQUISA ORIGEM DESTINO (2007). Disponível em http://www.metro.sp.gov.br/metro/arquivos/OD2007/sintese_OD2007.pdf. Acessado em 27 de outubro de 2012.

PINSONNEAULT, A., KRAEMER, K.L. Survey research in management information systems: an assessement. Journal of Information System, 1993.

PREFEITURA DE SÃO PAULOa. Disponível em . Acessado em 20 de abril de 2012.

PREFEITURA DE SÃO PAULOb. Disponível em

SHAHEEN, S.; SPERLING, D.; WAGNER, C. (1999) Carsharing and Partnership Management: An International Perspective. In Transportation Research Record 1666, TRB, National Research Council, Washington, D.C., pp. 118–124.

SHIVAKUMAR, S.J. (2005) The Constitution of Development: Crafting Capabilities for Self-Governance. Palgrave Macmillan, New York.

SIMON, Herbert A. (1955) A Behavioral Modelo of Rational Choice. The Quarterly Journal of Economics, Vol. 69, n°1. p. 99-118.

SIMON, Herbert. (1965) A. Comportamento administrativo: estudo dos processos decisórios nas organizações administrativas. 2.ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas.

SWINK, M; NARASIMHAN, R; WANG, C. (2007) Managing beyond the factory walls: effects of four types of strategic integration on manufacturing plant performance. Journal of Operations Management, v. 25, n. 1, p. 148-164.

WILLIAMSON, O. E. (1979) Transaction-cost economics: the governance of contractual relations. Journal of Law and Economics, v. 22, p. 223-261.

YIN, R. K. (2001) Estudo de caso – planejamento e métodos. (2Ed.). Porto Alegre: Bookman.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Metropolitana de Sustentabilidade - ISSN  2318-3233

 

 Impact Factor 1,362 - year 2015

  

 Quality Factor 2,000 - year 2015