CONTAMINAÇÃO AMBIENTAL CAUSADA PELO NECROCHORUME PROVENIENTE DE CEMITÉRIOS

Thais de Moraes Pinheiro

Resumo


Este trabalho aborda a relevância do necrochorume em cemitério. Ao longo da história e ainda nos dias atuais a construção de cemitério sempre foi um tema polêmico, tais locais são considerados contaminantes devido à decomposição natural de corpos quando sepultados de maneira imprópria, causando a propagação de agentes patogênicos, e provocando impacto ambiental. Todavia, a preocupação com a questão ambiental em áreas ocupadas pelos cemitérios se iniciou em meados do século passado, e, só recentemente houve uma preocupação maior em relação ao ambiente, por isso foram feitas algumas resoluções de órgãos ambientais para prevenir que os cemitérios se tornem agentes poluidores, tanto é que esses locais só podem funcionar com licença ambiental. Diante deste problema, analisou-se que o necrochorume traz consequências negativas, uma vez que esta matéria provoca possíveis danos ao meio ambiente e à saúde pública, e aos poucos vai sendo eliminada após o sepultamento, que em contato com a chuva, atinge o lençol freático. A partir disso denota-se que o necrochorume ao poluir as águas subterrâneas coloca em risco o meio ambiente e os cidadãos que se abastecem dos mananciais do subsolo, e estes podem estar contaminados em razão de bactérias, vírus e protozoários.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INOVAE  -  ISSN 2357-7797