A gestão do controle interno na Administração Pública: a despesa com suprimento de fundos como objeto de controle

Lucélia da Costa Nogueira Tashima

Resumo


O objetivo desse artigo é demonstrar a relevância do controle interno na administração pública, enfocando como situação prática a modalidade de despesa de suprimento de fundos no Estado de Mato Grosso do Sul. Considerando que o controle interno deve examinar toda e qualquer despesa do órgão, e em face da necessidade de haver na administração pública um planejamento quanto à gestão dos recursos, não imaginamos que poderão ocorrer eventualidades que deverão ser atendidas de imediato, uma vez que o não atendimento poderá ocasionar prejuízos à administração. Assim, aborda-se a modalidade de suprimento de fundos como sendo um dos objetos de análise do controle interno, pois essa modalidade é uma possibilidade de atendimento de um processo que não pode aguardar, em princípio, o procedimento normal, isto é, um procedimento licitatório. A metodologia utilizada nessa pesquisa é a do tipo bibliográfica e exploratória, tendo em vista que diversos autores e diversas leis tratam a respeito do assunto.


Palavras-chave


Administração Pública; Orçamento Público; Controle Interno; Suprimentos de Fundos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Indexadores: