PREVALÊNCIA DE PARASITOS GASTRINTESTINAIS EM AMOSTRAS FECAIS DE CÃES EM PRAÇAS PÚBLICAS NOS MUNICÍPIOS DE PEDRO OSÓRIO E CERRITO, RS

Tainá Ança Evaristo, Alexsander Ferraz, Bruna dos Santos Pires, Natália Soares Martins, Tatiana de Ávila Antunes, Diego Moscarelli Pinto

Resumo


O objetivo deste estudo, foi avaliar a prevalência de parasitos gastrintestinais encontrados em fezes de cães, em praças públicas dos municípios de Pedro Osório e Cerrito. As coletas foram realizadas mensalmente, entre janeiro de 2017 e Janeiro de 2018, em cada coleta, foram recolhidas três amostras de fezes de cada uma das três praças estudadas, duas de Pedro Osório e uma de Cerrito, totalizando 108 amostras. As fezes foram processadas pelo método de Willis & Mollay (1921). Do total de amostras, 98 foram positivas para pelo menos um gênero de parasito, 90,7% do total. O parasito encontrado em maior prevalência, foi o Ancylostoma spp., presente em 88 amostras, representando 81,5% do total. Foram encontrados também, ovos de Toxocara spp, Trichuris spp., Dipylidium caninum e oocistos de Isosopora sp. O resultado encontrado neste estudo, indica a necessidade de adoção de medidas sanitárias para que ocorra a redução da contaminação destes locais por ovos de parasitos com potencial zoonótico, pois a alta prevalência encontrada, expõem o risco que os frequentadores destes locais estão sujeitos.


Palavras-chave


Zoonoses; cães; helmintos; contaminação.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


BLAZIUS, R. D.; EMERICK, S.; PROPHIRO, J. S.; ROMÃO, P. R. T.; SILVA, O. S. Ocorrência de protozoários e helmintos em amostras de fezes de cães da cidade de Itapema, Santa Catarina. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. n. 38, p-73-74, 2005.

BORGES, A. D.; TSHIBANGU, G.M.; BEYRODT, C.G.P.; BARRELLA, W. Presença de larva migrans em áreas de lazer nas creches, escolas infantis municipais e praças públicas de Salto de Pirapora, SP. Revista Eletrônica de Biologia, v. 6, n. 1, p. 94-101, 2013.

CAPUANO, D. M. & ROCHA, G. M. Ocorrência de parasitas com potencial zoonótico em fezes de cães. Revista Brasileira de Epidemiologia. v.9, n.1, p. 81-6, 2006.

CAMPOS FILHO, PEDRO C.; BARROS, LAISE M.; CAMPOS, JAMILLE O.; BRAGA, VÂNIA B.; CAZORLA, IRENE M.; ALBUQUERQUE, GEORGE R.; CARVALHO, SÍLVIA M.S. Parasitas zoonótico em fezes de cães em praças públicas do município de Itabuna, Bahia, Brasil. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, v. 17, n..4, p. 206-209, 2008.

CIRNE, F. S. L.; SILVA, T.; CARVALHO, A. C. F.; DIAS, P. M.; RAMOS, C. D.; BATISTA, L. C. S. O. Contaminação ambiental por ovoso de Ancylostoma spp. e Toxocara spp. em áreas de seis praça publicas do município de Valença, estado do Rio de Janeiro. Acta Biomedica Brasiliensia. v. 9, n.1, p.35-42, 2017.

DUNN, J.J.; COLUMBUS, S.T.; ALDEEN, W.E.; DAVIS, M.; CARROL, K.C. Trichuris vulpis recovered from a patient with chronic diarrhea and five dogs. Journal of Clinical Microbiology, Washington, v.40, n.7, p.2703-2704, 2002.

EGUÍA-AGUILAR, P.; CRUZ-REYES, A.; MARTÍNEZ-MAYA, J. J. Ecological analysis and description of the intestinal helminthes present in dogs in Mexico City. Veterinary Parasitology, v. 127, n. 2, p. 139-146, 2005.doi:10.1016/j.vetpar.2004.10.004.

FARIAS, A.N.S.; SILVA, M.; OLIVEIRA, J.B.S.; ROCHA, L.B.; SANTOS, K.R. Diagnóstico de parasitos gastrointestinais em cães do município de Bom Jesus, Piauí. Revista Acadêmica: Ciências Agrárias e Ambiental, v. 11, n. 4, p. 431- 435, 2013.

FONSECA, E. O. L.; TEIXEIRA, M.G.; BARRETO, M. L.; CARMO, E.H.; COSTA, M.C.N. Prevalência e fatores associados às geo-helmintíases em crianças residentes em municípios com baixo IDH no Norte e Nordeste brasileiros. Caderno de Saúde Pública, v.26, n.1, p.143-152, 2012.

FRANCISCO, S. M. M.; SILVA, R.C.; FIGUEIREDO, D.L.V.; SOUZA, J.N.; RAMALHO, P.C.D.; CAETANO, A.L. Prevalência de ovos e larvas de Ancylostoma spp. e de Toxocara spp. em praças públicas da cidade de Anápolis-GO. Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde, v. 7, n. 1, p. 131-137, 2008.

GEORGE, J. R. Tapeworms. Veterinary Clinics of North America Small Animal Practice, v. 17, n. 6, p. 1285-1306, 1987.

GUIMARÃES, A.M., ALVES, E.G.L., REZENDE, G.F., RODRIGUES, M.C. Ovos de Toxocara sp. e larvas de Ancylostoma sp. em praça pública de Lavras, MG. Revista Saúde Pública. 2005; 39(2):293-295.

LEITE, L. C. Ocorrência de ovos de endoparasitas em amostras de fezes de cães (Canis familiaris, Linnaeus, 1758) coletadas em vias públicas da cidade de Guarapuava – Paraná – Brasil. Ambiência Guarapuava, v. 9, n. 3, p. 619-626, 2013.

MAIA, M.A.; CAMPOS, D.M.B.; DAMASCENO, F.A. Dipylidium caninum (Cestoda – Dilepididae): relato de um caso humano em Goiânia, Goiás. Revista de Patologia Tropical, Goiânia, v.20, n.1, p.7-12, 1991.

MARTÍN, M. A. F. Isospora belli. Servicio de Microbiología. Hospital Clínico Universitario de Valencia. Disponível em: < https://www.seimc.org/contenidos/ccs/revisionestematicas/parasitologia/isoporabelli.pdf >

MIRDHA, B.R., SINGH, I.G., SAMANTRAY, J.C., MISHRA, B. Trichuris vulpis infection in slum children. Indian Journal. 1998; v.17, n.4, p. 154-154.

MONTEIRO, S. G. Identificação de Endoparasitos. In: Monteiro. Parasitologia na medicina veterinária. São Paulo: Roca, 2014. Cap. 30.

MOLINA, C.P.; OGBURN, J.; ADEGBOYEGA, P. Infection by Dipylidium caninum in an Infant. Archives of Pathology and Laboratory Medicine, Northbrook, v.127, n.3, p.157-159, 2004.

MORAES, I. Z.; ROCHA, A. F. S.; NETO, J. L.; COSTA, R. R. G. F. Ocorrência de parasitos zoonóticos em praças da cidade de Quirinópolis-GO. XVII SIMBIO: Simpósio de Biologia – IMPACTOS AMBIENTAIS. UEG Campus Quirinópolis. 02/04 de junho. 2016.

MORO, F. C. B.; PRADEBON, J.B.; SANTOS, H.T.; QUEROL, E. Ocorrência de Ancylostoma spp. e Toxocara spp. em praças e parques públicos dos municípios de Itaqui e Uruguaiana, fronteira oeste do Rio Grande do Sul. Biodiversidade Pampeana, v. 6, n. 1, p. 25-29, 2008.

OLVEIRA, C.B.; SILVA, A. S.; MONTEIRO, S.G. Ocorrência de parasitas em solos de praças infantis nas creches municipais de Santa Maria – RS, Brasil. Revista da FZVA Uruguaiana, n.14: 174-179, 2007.

QUEIROZ, M. L.; CHIEFFI, P. P. Síndrome de Larva migrans visceral e Toxocara canis. Arquivos Médicos dos Hospitais e da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, v. 50, n. 3, p. 117-120, 2005.

RESENDE, A. P. M.; MOREIRA, L. M. S.; PINTO, R.; FAUSTO, G. C. Incidência de endoparasitos de caráter zoonótico em locais públicas da cidade de Viçosa, Minas Gerais. Revista Científica Univiçosa, v.7, n. 1, p. 417-424, 2015.

RIBEIRO, K. L.; FREITAS, T. D.; TEIXEIRA, M. C.; ARAÚJO, F. A. P.; MARDINI, L. B. L. F. Avaliação da ocorrência de formas parasitárias no solo de praças do município de Esteio (RS). Revista Acadêmica Ciências Agrárias Ambiental, Curitiba, v. 11, n. 1, p. 59-64, 2013.

RODRIGUES, M. A. A. et al. Ocorrência de parasitos zoonóticos em fezes de cães em áreas públicas em duas diferentes comunidades na Reserva Desenvolvimento Sustentável do Tupé, Amazonas. Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal, v. 8, n. 3, p. 138-146, 2014.

SANTARÉM, V. A. et al. Contaminação por ovos de Toxocara spp. em praças públicas das regiões Central e Periurbana de Mirante do Paranapanema, São Paulo, Brasil. Veterinária e Zootecnia, v. 17, n. 1, p. 47-53, 2010.

SCAINI, C.J.; TOLEDO, R.N.; LOVATEL, R.M.; DIONELLO, M.A.; GATTI, F.A.A.; SUSIN, L.R.O.; SIGNORINI, V.R.M. Contaminação ambiental por ovos e larvas de helmintos em fezes de cães na área central do Balneário Cassino, Rio Grande do Sul. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v.36, n.5, p. 617-619, 2003.

SINGH, S.; SAMANTARAY, J.C.; SINGH, N.; DAS G.G., VERMA, I.C. Trichuris infection in an Indian tribal population. Parasitology, Cambridge, v.79, n.3, p.457- 458, 1993.

SOUSA, V. R. et al. Ovos e larvas de helmintos em caixas de areia de creches, escolas municipais e praças públicas de Cuiabá, MT. Ciência Animal Brasileira, v. 11, n. 2, p. 390- 395, 2010.

TAYLOR, M. A.; COOP, R. L.; WALL, R. L. Parasitas de cães e gatos. Parasitologia Veterinária. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016, Cap. 6.

TESSELORI, G.L. FAYZANO, L. AGOTTANI, J.V.B. Ocorrência de parasitas gastrointestinais em fezes de cães e gatos em Curitiba-PR. Revista Acadêmica Curitiba. v.3; n. 4; p. 31-34, 2005.

THOMÉ, S. M.; LAFAYETTE, E. P.; PESSOA NETO, G. R. Contaminação ambiental por ovos de Toxocara spp. e Ancylostoma spp. em praças públicas no município Duque de Caxias, RJ. Saúde e Ambiente em Revista, v. 3, n. 2, p. 30-32, 2008.

URQUART, G. M. Parasitologia veterinária. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1998. p. 1-273.

WILLIS HH. A simple levitation method for the detection of hookworm ova. Med J Aust 29: 375-376, 1921.

WHO. World Health Organization. Soil-transmitted helminth infections, 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Atas de Saúde Ambiental - ASA, ISSN 2357-7614