A ACUMULAÇÃO DE ANIMAIS E A FORMAÇÃO DE VETERINÁRIOS

Paula Tavolaro, Tamara Leite Cortez

Resumo


A acumulação de animais é um problema complexo e interdisciplinar cujo entendimento é baseado em poucas informações e cujas consequências envolvem o bem estar humano, animal e efeitos ambientais. Os veterinários estão na linha de frente no encontro e solução dos casos de acumulação, mas não são preparados, no ensino superior, para o enfrentamento de problemas complexos como este. O objetivo deste trabalho é apresentar uma revisão do conhecimento atual sobre a acumulação de animais feita a partir das palavras-chave "transtorno de acumulação", "acumulação de animais" e "veterinários" em português e inglês, assim como correlacionar estes dados com o ensino para a formação de veterinários. Para que os veterinários sejam mais bem preparados para enfrentar este tipo de problema, já nas universidades, deve ser fortalecida a tríade ensino, pesquisa e extensão, assim como o ensino claramente voltado para a compreensão considerando-se competências relacionadas à atuação em ambiente multiprofissional e à participação e contribuição social.


Palavras-chave


acumulação; complexidade; ensino superior; multiprofissionalidade; interdisciplinaridade; veterinários.

Texto completo:

PDF

Referências


American Psychiatric Association. Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais. DSM-5. Porto Alegre: Artmed, 2014.

Arluke, A. Frost, R.O.; Luke, C., et al. Hoarding of Animal Research Consortium. Health Implications of Animal Hoarding. Health Soc Work, 2002; 27(2): 125-137.

Arluke, A. Veterinary education: A plea and plan for sociological study. Anthrozoos 1997; 10: 3-7.

Berry, C.; Patronek, G.J.; LOCKWOOD, R. Long-term outcomes in animal hoarding cases, Animal Law, 2005, 11(167): 167–194. Disponível em vet.tufts.edu/wp-content/uploads/Berry.pdf. Acesso em 07 jul 2016.

Borin, M.A.C.B.; Silva, L.; Harumi, R. Acumuladores Compulsivos: Modelo de Atuação Integral e Intersetorial da Supervisão de Vigilância em Saúde Santana/Tucuruvi de São Paulo aos Acumuladores Compulsivos de Objetos e de Animais. II Seminário Acumulação Compulsiva: Avanços e Desafios para as redes de atenção na perspectiva da Intersetorialidade e Integralidade, 2015. Disponível em http://acumulocompulsivo.blogspot.com.br/2015_11_01_archive.html. Acesso em 07 jul 2016.

Brasil. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN 9.394/96), de 20 de dezembro de 2000. Disponível em http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=13448-diretrizes-curiculares-nacionais-2013-pdf&category_slug=junho-2013-pdf&Itemid=30192. Acesso em 20 set 2015.

Chiniara, G.; Cole, G.; Brisbin, K.; Huffman, D.; et al. Simulation in healthcare: A taxonomy and a conceptual framewirk for instructional design and media selection. 2013. Med Teach, 35(8): 1380-1385.

Conselho Federal De Medicina Veterinária. Estratégias de ensino aprendizagem para desenvolvimento de competências humanísticas. Propostas para formar veterinários para um mundo melhor. 2012. 152p. Disponível em . Acesso em 07 ago 2014.

Conselho Nacional De Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Medicina Veterinária. Parecer CNE/CES 1/2003. Disponível em . Acesso em 07 ago 2014.

Cotrin, C.; Fernandes, C.; Rosa, S.A.S; et al. Relato de experiência - acumulação compulsiva: articulação da rede para integralidade do cuidado. XXIX Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo, 2015. Disponível em http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/sms-9586. Acesso em 03 ago 2016.

Cunha, G. R. ; Martins, C. M. ; Biondo, A. W. O acúmulo de animais passa a ser reconhecido como transtorno mental de acumulação. Clínica Veterinária (São Paulo), 2015; 117: 32-36.

Frost, R.O. People who hoard animals. Psychiatric Times. 2000; 17(4): 25-29. Disponível em http://www.psychiatrictimes.com/obsessive-compulsive-disorder/people-who-hoard-animals. Acesso em 04 jul 2014.

Frost, R.O.; Patronek, G.J.; Arluke, A.; Sketekee, G. The hoarding of animals: an update. 2015; 32(4): 1-5. Psychiatric Times. Disponível em http://www.psychiatrictimes.com/addiction/hoarding-animals-update. Acesso em 07 jul 2016.

Frost, R.O.; Sketekee, G. 2010. Stuff. Compulsive hoarding and the meaning of things. Nova York: Houghton Mifflin Harcourt. Kindle Edition.

Hayes, V. Detailed Discussion of Animal Hoarding. Animal Legal & Historical Center, Michigan State University College of Law. 2010. Disponível em http://www.animallaw.info/articles/ddushoarding.htm. Acesso em 11 jun 2013.

Kuehn, B.M. Animal hoarding: A public health problem veterinarians can take a lead role in solving. Journal of the American Veterinary Medical Association. 2002; 221(8): 1087-9.

Maciel, S.C.; Azevedo, T.A.; Germano, S.; et al. Relato de caso: vistoria zoossanitária uma abordagem multidisciplinar. 1o simpósio de vigilância em saúde da cidade de São Paulo, 2011. Disponível em http://pesquisa.bvsalud.org/sms/resource/pt/sus-26503. Acesso em 03 ago 2016.

Ockenden, E.M.; De Groef, B.; Marston, L. Animal hoarding in Victoria Australia: an exploratory study. Anthrozoos. 2014; 27:33-47. Disponível em https://www.researchgate.net/publication/259761248_Animal_Hoarding_in_Victoria_Australia_An_Exploratory_Study. Acesso em 06 jun 2016.

Patronek, G.J. Animal hoarding: Its roots and recognition. DVM 360, 2006. Disponível em http://veterinarymedicine.dvm360.com/animal-hoarding-its-roots-and-recognition. Acesso em 07 jul 2016.

Patronek, G.J. Animal Hoarding: What caseworkers need to know. Animal Rescue League of Boston. Masshousing Community Services Conference, 2007. Disponível em https://www.masshousing.com/portal/server.pt/document/2685/animal_hoarding__what_caseworkers_need_to_know. Acesso em 13 jul 2016.

Patronek, G.J. Hoarding of animals: an under-recognized problem in a difficult to study population. Public Health Rep, 1999; 144: 81-87.

Patronek, G.J. The problem of animal hoarding. Municipal Lawyer, 2001, 19: 6-9.

Patronek, G. Animal hoarding: a third dimension of animal abuse. In: ASCIONE, F.R. (ed.) The international book of animal abuse and cruelty: theory, research and application. West Laffayete: Purdue Univesity Press, 2008. 221-246p. Disponível em https://books.google.com.br/books?id=M48ZecA9ulIC&hl=pt-BR&num=10&redir_esc=y. Acesso em 12 jul 2016.

Patronek, G.J., Nathanson, J.N. A Theoretical Perspective to Inform Assessment and Treatment Strategies for Animal Hoarders. Clin Psychol Rev, 2009; 29: 274-281.

Patronek, G.J.; Weiss, K.J. Animal hoarding: a neglected problem at the intersection of psychiatry, veterinary medicine, and law. Findings from the Henderson house workgroup. 2012. Disponível em: vet.tufts.edu/wp-content/uploads/APLS2012.pdf. Acesso em 06 jul 2016.

Reinisch, A. I. Characteristics of six recent animal hoarding cases in Manitoba. Can Vet J. 2009; 50: 1069-1073. Disponível em http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2748289/. Acesso em 06 jul 2016.

Silvester, S.; Baranyk, C.W. When animal hoarding is warehousing for profit – part 2. Tales of justice. 2011; 1(3): 1-4. Disponível em www.ndaa.org/pdf/TalesJustice-vol1-no3.pdf. Acesso em 13 jul 2016.

Steketee, G. Animal hoarding. In: IOCDF. 2013. Types of Hoarding. International OCD Foundation - Hoarding Center, 2013. Disponível em http://www.ocfoundation.org/hoarding/types.aspx. Acesso em 04 jun 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

____________________________________________________________________________________________________________________________________